Conecte-se:


*Blog Raul Machado: http://raulmachado.blogspot.com/


segunda-feira, 27 de junho de 2011


"Maravilha sem par
a televisão
só falta não falar"

Millôr Fernandes


*Desenho de Natália Pelosi

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Divulgações e Avisos


{ Reabertura do MASC }

-
No próximo dia 30 de junho, o Museu de Arte de Santa Catarina (MASC), de Florianópolis, reabrirá suas portas com duas grandes mostras: a exposição de longa duração Tempo, Espaço e Arte e a temporária Linhas Artísticas no Acervo do MASC, que ficará no museu até 31 de agosto.

O museu estava fechado devido às obras de revitalização do Centro Integrado de Cultura (CIC). A visitação é de terça a sexta-feira, das 10h às 20h; e sábados, domingos e feriados, das 11h às 17h

{ FAM 2011 }

- Florianópolis Audiovisual Mercosul - 15 anos
de 24 de junho a 1º de julho, no Centro de Eventos da UFSC

Programação completa no site - http://www.audiovisualmercosul.com.br/

{ Festa Encerramento do Espaço dos Aracás }

-
Dia 25 de Junho, das 14h até o infinito, traga sua consciência social para compartilhar e interagir.

* Bandas (traga a sua, ou seu instrumento)
* Bazar (abra o pano no chão)
* Feira de trocas (livros, discos, dvd's, pendrives)
* Cervejocas (Rádio Tarrafa FM Livre)
* Quentão e biritas (CMI Floripa)
* Comida Vegana (VegTemas)

Traga sua atividade pra cá! Intervenção, exposição, show, cineclube, artes, dança...

[Grátis: evento livre de catraca]

O Egito é aqui!
http://inovacaosocial.cc/


{ Arterizar }

- Zine #4 nas ruas!

-Aberto Concurso Arterizar de Desenho:
Envie seu desenho (preto e branco) para nosso email até 03/07. O vencedor terá seu trabalho postado no blog e publicado no próximo Zine Arterizar, com receita de lambe-lambe atrás para a galera colar seu desenho pela cidade.

- CowParade SC: Projeto de Raul Machado, integrante do Arterizar, "A Vaca Amarela Falou Primeiro" foi selecionado pela organização do evento. Em breve mais notícias!

terça-feira, 21 de junho de 2011

Estação da Música, no Museu Victor Meirelles, em Florianópolis.

Músicos catarinenses vão celebrar a chegada do inverno nesta terça-feira com o início do evento Estação da Música, no Museu Victor Meirelles, em Florianópolis.

Evento reúne músicos convidados, estudantes, artistas de rua e grupos musicais. Entre eles Caio, membro do coletivo!!

O quê: Estação da Música

Quando: terça-feira, às 19h. Quinzenalmente, às quartas-feiras, até 23 de setembro

Onde: Sala de Exposições Temporárias do Museu Victor Meirelles (Rua Victor

Meirelles, 59, Centro, Florianópolis)

Quanto: gratuito




http://www.clicrbs.com.br/diariocatarinense/jsp/default.jsp?uf=2&local=18&section=Geral&newsID=a3359385.xml

- Reciclar também espanta más energias!

*Natália Pelosi

sábado, 18 de junho de 2011

Entrevista Arterizar na Rádio Cordel Libertário / Zine #4 / Divulgação



* Áudio da Entrevista realizada pela Rádio Cordel Libertário com o Arterizar:

- http://radiocordel-libertario.blogspot.com/p/programas-anteriores.html

* Zine Arterizar #4:

- Pronto e xerocado! A partir da semana que vem estarão nas ruas! "Por uma nova Política Cultural; Por uma nova Cultura Política; Pela Arte".

*Divulgação:

- II Mostra Cultural Comunitária: Amanhã (19/06) a partir das 10h na praça da UFSC


terça-feira, 14 de junho de 2011

Poesias e Conto, Avisos/Divulgações


[ Poesias e Conto, de Raul Machado ]

A Cura

Compulsão. Compulsão. Compulsão.

Vício. Vício. Vício. Vício. Vício.

SaudadesAbstinênciaTesãoAnsiedade.


O Olho do Céu

Concentrado em coisas pequenas

Pormenores menores

Virtuais conluios

E papéis mudos

Que enchem as mesas

Viro-me e flagro:

A lua me espia pela janela do quarto.


Pessoal

Essa é a história de Guadalupe. Uma mulher de trinta anos, casacos marrons, cabelo enrolado, cheiro de cigarro, alcoólatra e apaixonada. Sua paixão não é correspondida, nem através de correspondências. Guadalupe sempre chora antes de dormir e quase engasga com o uísque que ela teima em passar garganta abaixo.

Seus sonhos são sempre eróticos. Sexo. De tanto não fazer aqui, ela se farta de fazer lá. Sempre com o seu homem não correspondente. E às vezes com outras mulheres, mas só quando ela bebe demais.

Morar sozinha é bom para Guadalupe. Ela pode deixar as cinzas do cigarro caírem no tapete da sala. Pena que a janela do quarto está virada para o quarto de outra janela. Ela fecha a cortina e se esconde. E se masturba. Com a garrafa de rum.

Geme.

O vizinho sempre bate com a vassoura no teto dele, que é o chão dela, quando Guadalupe se põe a dançar no meio do vento da madrugada. Culpa do gim, ela grita. Culpa de mim. E para. Da culpa faz desculpa. Não que a culpa não permaneça lá. Mas ela vai dormir para poder transar, enquanto seu vizinho transa para conseguir dormir. Ele, lá embaixo, muito distraído, não consegue manter a ereção se lá em cima o calcanhar de Guadalupe teima em bater na lajota. Tunts. Tunts.

Aliás, o nome dele é Bonaparte. Boa parte por ser francês, outra por sua mãe ser uma chata.

Mas essa história é de Guadalupe. E sua falta de perspectiva. Mesmo usando seus óculos vintage. Ela não sabe desenhar, por isso nunca mandou desenhos para o homem que tanto deseja e sente falta. Senão desenharia e talvez mandasse. Mas ela escreve. E escreveu um livro inteiro regado a vinho. Uma ode ao amor. Mesmo platônico. Mesmo sem ler Platão. Cento e vinte e três páginas dedicadas ao amor. Não à Platão ou à qualquer outro grego. Aliás, sua paixão é latina.

Ela passou perfume. Na carta e no livro. E no envelope. E entregou-o à mulher dos correios, que espirrou.

Após três meses, uma correspondência. Seria do seu amor não correspondido? Teria ele respondido?

Não.

Era uma editora querendo publicar o impublicável.

Guadalupe rasgou sua história, juntou os pedaços e os colocou numa lata vazia no meio do chão da sala. Álcool. Na lata e na cabeça. Fogo. Que aqueceu Guadalupe naquela noite que chorava a solidão.

---------------/-----------------------------------

[ Avisos e Divulgações do Arterizar ]


-Duo de Cordas: Com Caio Marques (violão), Francielly Beckert (violino) e participação especial de Zecaipira. No programa: Piazzolla, Villa-Lobos, Bach, etc. Onde: Santuário Nossa Sra. da Conceição, Lagoa. Quando: 29/06 às 20h e 02/07 às 19:30. Entrada Gratuita.

-Concurso Arterizar de Desenhos: Envie seu desenho para nosso email ( coletivoarterizar@yahoo.com.br ) em preto e branco, até 03/07. O vencedor terá seu trabalho publicado aqui no blog e no Zine Arterizar #5, com uma receita de lambe-lambe atrás pra galera colar seu desenho pela cidade!

- Zine Arterizar #4: Prontinho! Essa semana tiraremos as cópias e distribuiremos por aí.

terça-feira, 7 de junho de 2011

Arterizar na Rádio Cordel & Poesias


{ Entrevista com o coletivo }

O Coletivo Arterizar será entrevistado ao vivo pela Rádio Cordel Libertário (Fortaleza/Salvador). Para ouvir e participar, entre no blog da rádio:

Onde: radiocordel-libertario.blogspot.com/

Quando: Sexta-feira, 10/06, às 21:10h.

----------/----------------------------------

{ Poesias, de Ro Manne e Raul Machado }


Alegria Acorda (Ro Manne)

Uma batida.
Repetida.
Acelerada.

Ela toca.
O tempo todo.
Em todos os lugares.

É o país da alegria.
Cerveja e carnaval.
Festa e putaria.

Re-mi-xa-gem.
Batendo os sentimentos humanos
na piscina amarela da alegria.

Amor, dor, tristeza, solidão e perda,
curiosidade, raiva, revolta e liberdade
tudo moído em pasta de alegria.

Vai pra festa.
Pula canta dança beija grita mija trepa!
Cheira o pó da alegria.

Alegria cega, surda e muda.
Alegria entorpecida.
No dia seguinte: esquece.

Esquece a vergonha de não ser feliz.

Só a alegria é permitida
Só o sorriso bobo de quem sabe que a vida poderia ser mais.
Só a pupila dilatada do olhar vazio de quem sabe que amanhã acorda.
A manhã. A corda.

Emoção (Raul Machado)

o choro. o canto. o embalo. a distância do ser consigo mesmo. um rio sem margens que escorre pela face. sorriso molhado. e arrepiado. de alguma coisa aqui dentro. que vaza. que ama


sexta-feira, 3 de junho de 2011