Conecte-se:


*Blog Raul Machado: http://raulmachado.blogspot.com/


sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Acompanhe bem Acompanhado


-Novos escritos e novidades de Raul Machado:  http://raulmachado.blogspot.com/

-Artério Arteiro destilando políticas culturais e culturas políticas em poucos caracteres: http://twitter.com/ArterioArteiro





quinta-feira, 13 de outubro de 2011


Memorial Meyer Filho promove “passeio in-sonoro” no Centro de Florianópolis
Atividade faz parte da exposição “Entre a palavra pênsil e a escuta porosa”, da artista catarinense Raquel Stolf, em cartaz até 3 de novembro

Nesta sexta-feira, dia 14 de outubro, o Memorial Meyer Filho promove, como atividade integrante da exposição “Entre a palavra pênsil e a escuta porosa”, da artista catarinense Raquel Stolf, um “passeio in-sonoro”. A atividade consiste numa caminhada pelo Centro da cidade usando abafadores de ruídos dispostos na exposição, e constitui uma possibilidade de concretização da proposição “Abafador de ruídos”.

O trabalho exposto não são os objetos apropriados “abafadores de ruídos” em si, que consistem em equipamentos de proteção individual utilizados em aeroportos, operação de máquinas industriais etc., mas na relação entre o texto propositivo —uma espécie de partitura com indicações concretas e/ou nebulosas-pênseis— e o uso dos abafadores nas situações propostas, de modo a suscitar experiências de escuta.

Durante o passeio in-sonoro, os participantes estarão abafando/subtraindo 22 decibels do som do ambiente urbano, o que modificará a experiência de escuta —subjetiva e objetiva— da paisagem sonora do centro de Florianópolis. Essa experiência acabará tornando-se o assunto de conversa durante e após o passeio.

A rota será decidida no momento da saída do Memorial, pois, para Raquel Stolf, parece ainda mais interessante a proposição de um passeio in-sonoro com percurso indefinido, já que o grupo pode se subdividir ou modificar o trajeto durante a caminhada, e retorno incerto, em todos os sentidos.

A saída do grupo será às 15h, no Memorial Meyer Filho. A princípio, há abafadores para 11 participantes, mas os mesmos podem ser compartilhados durante o passeio.


  O Festival de Fotografia Floripa na Foto toma conta do Centro Histórico de Florianópolis. A programação propõe um panorama da fotografia latino-americana por meio de múltiplos olhares que formam o mosaico cultural que se estende pelo continente.



Abertura da exposição Dulce Maria, de Virginia Yunes.
Dia 18, às 18h. Visitação até dia 28 de outubro, de segunda à sexta das 8 às 19h.
Galeria Martinho de Haro da Câmara Municipal de Florianópolis. Rua Anita Garibaldi, 35, Centro, Florianópolis.                 


Exposição Outono com o Coletivo 6 x 6.
Visitação até 30 de outubro, de segunda a sexta, das 10h às 18h.
Galeria Municipal de Arte Pedro Paulo Vecchietti. Praça 15 de Novembro, 180, esquina com Rua Tiradentes, Centro, Florianópolis.


Exposição Marinhas – Arqueologia da Morte, de Orlando Azevedo.
Visitação até 15 de novembro, de terça a sexta, das 10h às 18h, sábados e domingos, das 10 às 16h.
Museu Histórico de Santa Catarina - Palácio Cruz e Sousa. Praça 15 de Novembro, 227, esquina com Rua Tenente Silveira, Centro, Florianópolis.

TODOS OS EVENTOS SÃO GRATUITOS

Festival de fotografia no Terminal Urbano do Centro


Exposição fotográfica com 34 fotos de 2 x 3 metros vai ocupar por dois meses espaço por onde circulam mais de 250 mil pessoas diariamente

Abertura da exposição Intervenção Urbana.
Terminal de Integração do Centro, Centro, Florianópolis.
Dia 18 de outubro, às 7h. Visitação até 20 de dezembro, diariamente, 24h.
Evento gratuito





Políticas para as Artes

Participantes ouvintes ainda podem se inscrever para a primeira edição do encontro da Funarte
A Fundação Nacional de Artes, vinculada ao Ministério da Cultura (Funarte/MinC), está com inscrições abertas até o dia 28 de outubro para participantes ouvintes do I Encontro de Políticas para as Artes, que acontecerá de 8 a 10 de novembro, no Palácio Gustavo Capanema, no Rio de Janeiro. Podem se inscrever gestores, pesquisadores, artistas, produtores, estudantes na área de cultura e todas as pessoas interessadas em assuntos referentes às políticas para as artes no país. As inscrições são gratuitas e as vagas limitadas. Aqueles que tiverem pelo menos 75% de frequência no evento receberão certificado de participação.
Para a apresentação de trabalhos teóricos e práticos, as inscrições encerraram-se no dia 3 de outubro.  O encontro reunirá especialistas, estudiosos e interessados nas questões relativas à cultura e será composto por mesa de experiências e de exposições, grupos de trabalho de boas práticas de gestão e mostra artística.
Espaço aberto
O evento visa promover um diálogo qualificado em torno das políticas empreendidas especificamente para as artes no país, além de abrir espaço para a divulgação de trabalhos teóricos e práticos no campo das ações políticas, das reflexões históricas e teóricas sobre as políticas culturais brasileiras. As discussões ocorrerão em torno de cinco eixos temáticos: Arte e Tecnologia; Fomento; Artes e Economia Criativa; Gestão de Políticas Culturais; e Arte e Sustentabilidade.
Para se inscrever no evento, preencha a Pesquisa Institucional II Participantes Ouvintes (de caráter obrigatório) e envie para o email cepin@funarte.gov.br com o assunto: Inscrição participante ouvinte.

Prêmio Arte e Cultura Inclusiva 2011

MinC recebe até 30 de outubro inscrições no edital que pagará R$ 300 mil em prêmios
O Ministério da Cultura prorrogou para 30 de outubro as inscrições para o prêmio Arte e Cultura Inclusiva 2011 – Edição Albertina Brasil. O edital está aberto a iniciativas culturais desenvolvidas em todo o país que tenham propiciado a participação de artistas com deficiência na produção e difusão artística e cultural, assim como ações, projetos e produtos culturais que possibilitaram acesso e acessibilidade a pessoas com deficiência.
Podem participar grupos informais e instituições nas categorias Expressão Artística ou Acessibilidade. Serão premiadas, respectivamente, 20 e 10 iniciativas de destaque em cada categoria. Cada premiado receberá R$ 12,5 mil, totalizando mais de R$ 300 mil reais em prêmios. Esta é uma iniciativa do Ministério da Cultura e da Escola Brasil com patrocínio da Petrobras.
Maiores informações: premioalbertinabrasil@escolabrasil.org.br e/ou (61) 3202-1721


LIBIDO POÉTICA

Sou escravo sexual
Dessa cortesã poesia
Escrita de pernas abertas.

Orgasmos da linguagem,
Expressas em beijos,
Masturbadas em versos.

Leves toques da grafia,
De palavras despidas...
Eternas paixões sentidas.

ZECAiPIRA

sábado, 8 de outubro de 2011

Fim. Eterno começo.


Gosto dos malditos porque malditos sejam!
Tudo que digo não passa de eufemismo.
Não serei mais a pessoa que esperam.
A minha alegria e meu lamento não têm planos,
Eufemismo de ninguém é isso que sou.
Sujeito passivo que tudo diz:
- Sei das coisas sem saber de nada!
Ah, desgraça humana! Esfomeada de coração e de mente.
Ah, graça humana! A morte nos sorri.
Nossos corpos são instrumentos da tragédia,
 A promessa que a vida cumpre.
Se não encontramos algo para morrer não servimos para viver.
Ah, raça humana! Como encarar a verdade?
Eu não posso salvar se careço ser salvo.
Minha vida brinca com minha morte, sou livre!
Fui transformado, dormi miserável e acordei artista.


                                                             ZECAiPIRA

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Capital? Ismos?!


Oi! Sou pré-moderno e pós-pago.

Estou vivo é claro, e sem fronteira?!

Consumo... E como sumo.


Mecânico orgânico, trabalho alternativo.

Rede sustentável da tarrafa social.

Do ócio criativo, escrevo.


Escravo do descanso ético?!... Canso!

Tempo ativo... Relativo. Trabalha dor

Profético?! Patético? Estético! Poético.


ZECAiPIRA

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Lorota


Não sei se me exponho ou resisto.

Parece mentira de tão esquisito.

Comer queijo com pão de cevada

Se entalar estará execrada.


Porque é mais forte quem sabe mentir?

Mascar pó de arroz e depois cuspir.

Mentir pode ser arriscado,

Ninguém gosta de ser enganado.


Minha grafia simula e mente.

Mas, engano-me que eu gosto.

Arte de dissimular claramente.


Uma longa ficha corrida.

A verdade é o oposto,

Da mentira poética oferecida.

ZECAiPIRA

domingo, 28 de agosto de 2011

Arterizar na TV Floripa e Raul Machado no blog


- Dois integrantes do Coletivo Arterizar (Caio Marques e Zecaipira) foram entrevistados no programa "Balaio" da TV Floripa neste sábado 27/08!
Assista, na íntegra, aqui:
http://www.youtube.com/watch?v=qrp3Novty_8&feature=share


- Raul Machado, também integrante do Arterizar, está se mudando para Montevidéu e por isso se distanciará um pouco do coletivo.
Vocês podem acompanhar os trabalhos dele pelo blog pessoal: http://raulmachado.blogspot.com/

Há-Braços! Até mais!
Artério Arteiro
- http://www.twitter.com/ArterioArteiro





sexta-feira, 8 de julho de 2011

Conto e Poesias, de Raul Machado


O Menino

-Olhe isto aqui!

E ele tapava os seus olhos negros com a mão. Pequena mão que lhe cobria o pequeno e magro rosto. Rosto tão claro quanto eram negros seus olhos. Ele não queria ver. Queria a escuridão, toda ela, dos redondos dos seus olhos tristes.

Ele, que tão bem conseguia enxergar. Já havia visto tanto o laranja da pitanga. E agora não queria ver mais aqui fora. Só ali dentro. De sua mão.

É como se todo o universo, com suas estrelas faiscando, coubesse na sua mão de criança. E, fechadinho na sua palma, coubesse no seu olho. Entrando ali, pelo cantinho. Pelo branco do rosto. E era tudo tão escuro quanto sombras. E cabia tanto ali.

-Olhe aqui, meu filho. Veja só. Quanto tudo!

Ele corria, sozinho, para seu quarto. Gostava de desligar as luzes e fechar as cortinas. Brincar de fazer noite em plena tarde de verão, onde o sol é rei. Fingia estar nas últimas horas do dia, enquanto todos lá fora eram tão sérios quanto os ponteiros em 15:45.

Roubava do armário um sobretudo do pai. Imaginava-se fumando e tomando café com uísque, como fazia seu avô. Antes de dormir. E fechava os olhos, virando-os para si mesmo, como se pudesse enxergar um ovo brotando em sua barriga, escorrendo aquele amarelo tão vivo por entre as suas vísceras, explodindo omelete nos pulmões, saindo passarinho pela boca. Voando. Apitando.

Ahhhhhhhhhhhhhh. E ninguém o ouviu.

Ele era sombra. Sombra de gente. Diziam os mais prestigiados especialistas em prêmios televisivos.

Ele se fechou. Como fazia com sua mão. Gritou pra dentro. Dentro daquele mundo tão gordo que havia criado em seus olhos.

Forçou, levemente, o dedo no globo ocular.

Forçou mais um pouco.

Na gana de entrar em seu próprio berço. Na própria buceta, parida por ele mesmo entre enxaquecas e solidões. Enfiou. Enfiou-se.

Um pingo ecoou no sótão daquela casa velha de madeira. Os pais abaixo, no andar principal, comiam olhos de cabra ao molho francês. Quando não se sabe o nome de molhos, dize-se que é francês.

Ninguém o ouviu. O grito já não se expelia. Impelia-se. O dedo, junto ao globo todo, inclusive ocular, ferido, sangrava dentro da cavidade craniana do menino.

-Olhe aqui! Veja ali! Abra os olhos, meu filho!

E ele resolveu, mais uma vez, colocar sob o buraco que lhe adentrava a cabeça e que se enchia de sangue, a sua mão. A sua pequena e pura mão.

E pela última vez o universo inteiro abriu-se à sua frente.

Cego, agora, usava óculos escuros e já não sabia mais o que era fingir. Nem fazer poesia.


Invernos e Solidões

Refúgio

É um cinza

Que pinga na madeira


Cheiro de mato

Que o vento gelado trás

É um calor vermelho

Entre silêncios de carinhos

Cafés

E cobertores


Desejos do Dormir

Só irei ao meu quarto

Quando ele virar lua

E no escuro me despir


Tomaremos aquela taça

E aquele barco

Sujando-nos de sangue e sonhos

Para gozarmos ao fim

De mais um filme:

-Longo.

segunda-feira, 27 de junho de 2011


"Maravilha sem par
a televisão
só falta não falar"

Millôr Fernandes


*Desenho de Natália Pelosi

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Divulgações e Avisos


{ Reabertura do MASC }

-
No próximo dia 30 de junho, o Museu de Arte de Santa Catarina (MASC), de Florianópolis, reabrirá suas portas com duas grandes mostras: a exposição de longa duração Tempo, Espaço e Arte e a temporária Linhas Artísticas no Acervo do MASC, que ficará no museu até 31 de agosto.

O museu estava fechado devido às obras de revitalização do Centro Integrado de Cultura (CIC). A visitação é de terça a sexta-feira, das 10h às 20h; e sábados, domingos e feriados, das 11h às 17h

{ FAM 2011 }

- Florianópolis Audiovisual Mercosul - 15 anos
de 24 de junho a 1º de julho, no Centro de Eventos da UFSC

Programação completa no site - http://www.audiovisualmercosul.com.br/

{ Festa Encerramento do Espaço dos Aracás }

-
Dia 25 de Junho, das 14h até o infinito, traga sua consciência social para compartilhar e interagir.

* Bandas (traga a sua, ou seu instrumento)
* Bazar (abra o pano no chão)
* Feira de trocas (livros, discos, dvd's, pendrives)
* Cervejocas (Rádio Tarrafa FM Livre)
* Quentão e biritas (CMI Floripa)
* Comida Vegana (VegTemas)

Traga sua atividade pra cá! Intervenção, exposição, show, cineclube, artes, dança...

[Grátis: evento livre de catraca]

O Egito é aqui!
http://inovacaosocial.cc/


{ Arterizar }

- Zine #4 nas ruas!

-Aberto Concurso Arterizar de Desenho:
Envie seu desenho (preto e branco) para nosso email até 03/07. O vencedor terá seu trabalho postado no blog e publicado no próximo Zine Arterizar, com receita de lambe-lambe atrás para a galera colar seu desenho pela cidade.

- CowParade SC: Projeto de Raul Machado, integrante do Arterizar, "A Vaca Amarela Falou Primeiro" foi selecionado pela organização do evento. Em breve mais notícias!

terça-feira, 21 de junho de 2011

Estação da Música, no Museu Victor Meirelles, em Florianópolis.

Músicos catarinenses vão celebrar a chegada do inverno nesta terça-feira com o início do evento Estação da Música, no Museu Victor Meirelles, em Florianópolis.

Evento reúne músicos convidados, estudantes, artistas de rua e grupos musicais. Entre eles Caio, membro do coletivo!!

O quê: Estação da Música

Quando: terça-feira, às 19h. Quinzenalmente, às quartas-feiras, até 23 de setembro

Onde: Sala de Exposições Temporárias do Museu Victor Meirelles (Rua Victor

Meirelles, 59, Centro, Florianópolis)

Quanto: gratuito




http://www.clicrbs.com.br/diariocatarinense/jsp/default.jsp?uf=2&local=18&section=Geral&newsID=a3359385.xml

- Reciclar também espanta más energias!

*Natália Pelosi

sábado, 18 de junho de 2011

Entrevista Arterizar na Rádio Cordel Libertário / Zine #4 / Divulgação



* Áudio da Entrevista realizada pela Rádio Cordel Libertário com o Arterizar:

- http://radiocordel-libertario.blogspot.com/p/programas-anteriores.html

* Zine Arterizar #4:

- Pronto e xerocado! A partir da semana que vem estarão nas ruas! "Por uma nova Política Cultural; Por uma nova Cultura Política; Pela Arte".

*Divulgação:

- II Mostra Cultural Comunitária: Amanhã (19/06) a partir das 10h na praça da UFSC


terça-feira, 14 de junho de 2011

Poesias e Conto, Avisos/Divulgações


[ Poesias e Conto, de Raul Machado ]

A Cura

Compulsão. Compulsão. Compulsão.

Vício. Vício. Vício. Vício. Vício.

SaudadesAbstinênciaTesãoAnsiedade.


O Olho do Céu

Concentrado em coisas pequenas

Pormenores menores

Virtuais conluios

E papéis mudos

Que enchem as mesas

Viro-me e flagro:

A lua me espia pela janela do quarto.


Pessoal

Essa é a história de Guadalupe. Uma mulher de trinta anos, casacos marrons, cabelo enrolado, cheiro de cigarro, alcoólatra e apaixonada. Sua paixão não é correspondida, nem através de correspondências. Guadalupe sempre chora antes de dormir e quase engasga com o uísque que ela teima em passar garganta abaixo.

Seus sonhos são sempre eróticos. Sexo. De tanto não fazer aqui, ela se farta de fazer lá. Sempre com o seu homem não correspondente. E às vezes com outras mulheres, mas só quando ela bebe demais.

Morar sozinha é bom para Guadalupe. Ela pode deixar as cinzas do cigarro caírem no tapete da sala. Pena que a janela do quarto está virada para o quarto de outra janela. Ela fecha a cortina e se esconde. E se masturba. Com a garrafa de rum.

Geme.

O vizinho sempre bate com a vassoura no teto dele, que é o chão dela, quando Guadalupe se põe a dançar no meio do vento da madrugada. Culpa do gim, ela grita. Culpa de mim. E para. Da culpa faz desculpa. Não que a culpa não permaneça lá. Mas ela vai dormir para poder transar, enquanto seu vizinho transa para conseguir dormir. Ele, lá embaixo, muito distraído, não consegue manter a ereção se lá em cima o calcanhar de Guadalupe teima em bater na lajota. Tunts. Tunts.

Aliás, o nome dele é Bonaparte. Boa parte por ser francês, outra por sua mãe ser uma chata.

Mas essa história é de Guadalupe. E sua falta de perspectiva. Mesmo usando seus óculos vintage. Ela não sabe desenhar, por isso nunca mandou desenhos para o homem que tanto deseja e sente falta. Senão desenharia e talvez mandasse. Mas ela escreve. E escreveu um livro inteiro regado a vinho. Uma ode ao amor. Mesmo platônico. Mesmo sem ler Platão. Cento e vinte e três páginas dedicadas ao amor. Não à Platão ou à qualquer outro grego. Aliás, sua paixão é latina.

Ela passou perfume. Na carta e no livro. E no envelope. E entregou-o à mulher dos correios, que espirrou.

Após três meses, uma correspondência. Seria do seu amor não correspondido? Teria ele respondido?

Não.

Era uma editora querendo publicar o impublicável.

Guadalupe rasgou sua história, juntou os pedaços e os colocou numa lata vazia no meio do chão da sala. Álcool. Na lata e na cabeça. Fogo. Que aqueceu Guadalupe naquela noite que chorava a solidão.

---------------/-----------------------------------

[ Avisos e Divulgações do Arterizar ]


-Duo de Cordas: Com Caio Marques (violão), Francielly Beckert (violino) e participação especial de Zecaipira. No programa: Piazzolla, Villa-Lobos, Bach, etc. Onde: Santuário Nossa Sra. da Conceição, Lagoa. Quando: 29/06 às 20h e 02/07 às 19:30. Entrada Gratuita.

-Concurso Arterizar de Desenhos: Envie seu desenho para nosso email ( coletivoarterizar@yahoo.com.br ) em preto e branco, até 03/07. O vencedor terá seu trabalho publicado aqui no blog e no Zine Arterizar #5, com uma receita de lambe-lambe atrás pra galera colar seu desenho pela cidade!

- Zine Arterizar #4: Prontinho! Essa semana tiraremos as cópias e distribuiremos por aí.

terça-feira, 7 de junho de 2011

Arterizar na Rádio Cordel & Poesias


{ Entrevista com o coletivo }

O Coletivo Arterizar será entrevistado ao vivo pela Rádio Cordel Libertário (Fortaleza/Salvador). Para ouvir e participar, entre no blog da rádio:

Onde: radiocordel-libertario.blogspot.com/

Quando: Sexta-feira, 10/06, às 21:10h.

----------/----------------------------------

{ Poesias, de Ro Manne e Raul Machado }


Alegria Acorda (Ro Manne)

Uma batida.
Repetida.
Acelerada.

Ela toca.
O tempo todo.
Em todos os lugares.

É o país da alegria.
Cerveja e carnaval.
Festa e putaria.

Re-mi-xa-gem.
Batendo os sentimentos humanos
na piscina amarela da alegria.

Amor, dor, tristeza, solidão e perda,
curiosidade, raiva, revolta e liberdade
tudo moído em pasta de alegria.

Vai pra festa.
Pula canta dança beija grita mija trepa!
Cheira o pó da alegria.

Alegria cega, surda e muda.
Alegria entorpecida.
No dia seguinte: esquece.

Esquece a vergonha de não ser feliz.

Só a alegria é permitida
Só o sorriso bobo de quem sabe que a vida poderia ser mais.
Só a pupila dilatada do olhar vazio de quem sabe que amanhã acorda.
A manhã. A corda.

Emoção (Raul Machado)

o choro. o canto. o embalo. a distância do ser consigo mesmo. um rio sem margens que escorre pela face. sorriso molhado. e arrepiado. de alguma coisa aqui dentro. que vaza. que ama


sexta-feira, 3 de junho de 2011

terça-feira, 31 de maio de 2011

Divulgação e Poesia


[ Rádio Cordel Libertário ]

-Coletivo com núcleos em Salvador e Fortaleza.

-Transmissões ao vivo sempre às 21:10h. com reprise sempre às 9h. do dia seguinte, e nos finais de semana às 20h. No blog também há a disponibilização dos programas anteriores, além de um chat para participação dos ouvintes ao vivo.

-Ouça aqui: http://radiocordel-libertario.blogspot.com/

----------------/-------------------------------------

[ Poesias de Raul Machado ]

Ni Sou


Eu sei

Que ninguém vai ler

O silêncio que quis gritar

Entre páginas

E quase sonos

O meu suspiro

Vai se esquecer de ser


E entre ecos

Entre e ecos

Entre ‘E’ e ecos

O nada da agonia

Reflete


Tambor

Frenesi

(em) si

Sim-Som

Bate Vida

Rege Desequilíbrio

Além

De mim

E do bom


Um grito, Um só

Ao passo

Que pasto

Tua grama

Minha gana

Me engana

E meio que me diz

Como feliz aprendiz

Que a bolsa

É divertida

Enquanto a ação morre

Repartida

Morram.

E morram sorrindo.

Como pontos finais.

Que nada querem.

sábado, 21 de maio de 2011

Reunião do Coletivo Arterizar

Quando?: 24/05 - Terça-Feira, 13h.

Onde?: Lanchonete do CED, na UFSC

Pauta?: Distribuição dos nossos zines, Zine 04, Concurso de Poesias, Concurso de Desenhos, e pensar o coletivo em si e novos projetos para este ano (Teatro, Curta-metragem, intervenções, exposições, oficinas, Espaço Arterizar, Apresentação musical do Caio, etc.)

Participação aberta a todos! É só chegar!

terça-feira, 17 de maio de 2011

Resultado mini-concurso de poesias Arterizar / "Triálogo dos Bermudas"

[ Resultado do mini-concurso de poesias Arterizar ]

-Poemas de Leonardo Cezari de Aquino
(No próximo Zine Arterizar também será publicada a poesia ganhadora, além disso, ele recebe também um exemplar do livro "Alegre Vômito", de Raul Machado. Aqui abaixo, vários poemas do ganhador.)

BEA(U)T(Y) AND SADNESS

50 anos depois

eis-me aqui

respirando o ar do passado


um pé lá

outro cá

antes, agora

e uma ponte no meio


my heart's beat,

as I gaze the bay,

speeds up and slows down;

loosens its pace

my heart's beat

o que se foi e o que ficou

tudo faz parte

everything is clustered

in a word:

Beat

Beat

Beat!

I bid my heart

lucky me,

it won't hesitate

the reason, however, is unclear:

beauty

or sadness?

beauty and sadness

aprendi com os poetas beatos

a lágrima é ambígua

o sorriso deixa sombra

mas tudo que se desfará no tempo

não tem certeza

nem dúvida

beauty IS sadness


(Sem Título)

ukulele

foi sem querer

que caí

no teu dó menor

de saudade


espairecer vaidade

não tem si nem porquê

nada maior

do que o sol do ré fá

então tá

se em ti

fá é mi

só pra lá

fará sol


(Sem Título)

que seja

I don't mind

cadarço desamarrado

sapato descalçado

também no cair de algum

desespero

não espero que

te encontre em qualquer

falsear

rumo mais que ambíguo

passo certo

é

desencaminhar

(Sem Título)


i don't know what i'm writing

i'm just

following my fingers/

my masters

forecasters

try'n'cherous


------------------/---------------------------

[ Triálogo dos Bermudas ]


-Onde? Rádio Tarrafa FM-Livre: 104,7 Fm na bacia do itacorubi ou http://radiotarrafa.libertar.org/ no universo inteiro.

-Quando? Todas as quartas-feiras, das 16:15 às 18h.

-Oque? Música Clássica e Rock'n Roll. E mais: Debates, assuntos polêmicos, poesias, contos, piadas, reclamações, correio-elegante, etc.


quinta-feira, 12 de maio de 2011

#ARTivismo Coletivo / HQ / Aviso


[ HQ da série "Cult Cool Noir Comic", de Diego Hernández]: Que nos enviou seu trabalho através do e-mail do Arterizar.

-------------------------------/-----------------------

#ARTivismo Coletivo

-Portal Sarcástico: http://www.alquimidia.org/sarcastico/index.php (produção cultural independente, mídia alternativa, humor)

-Mobiliza Cultura: http://www.mobilizacultura.org/ (Uma rede de redes de ativistas artístico-culturais por políticas públicas na cultura que sejam horizontais, co-gestionadas,compartilhadas, etc.)

-CPI no ECAD: http://www.revistaforum.com.br/blog/2011/05/11/cpi-do-ecad-ja-tem-as-27-assinaturas-necessarias/

-Coletivos de Arte: o conceito, a história, a atualidade, de forma bem didática: http://coletivos.pbworks.com/w/page/16080964/FrontPage

-Zine: conceito, história, conteúdo, produção: http://pt.wikipedia.org/wiki/Fanzine ou http://kplus.cosmo.com.br/materia.asp?co=41&rv=Literatura

-Fanzinotecas: fanzinotecamutacao.blogspot.com/ , www.neorama.com.br/fanzinoteca.htm , www.fanzino.org/

--------------/------------------------------

[ Aviso Arterizar ]


* Em breve, resultado do mini-concurso de poesias Arterizar. E também a divulgação da próxima reunião do coletivo.

Abraços!


terça-feira, 10 de maio de 2011

Poema e Avisos


[ Poema de Raul Machado ]


Para Zygmunt Bauman


Chegará o dia
Em que a Sociedade Líquida
Ficará de ressaca.

------------/----------------------------

[ Avisos ]

-
Último dia para enviar suas poesias para nosso mini-concurso de poesias. Até meia-noite de hoje (10/05) para nosso e-mail [ coletivoarterizar@yahoo.com.br ] . Temática livre. Prêmiação: livro de poesias "Alegre Vômito", de Raul Machado e publicação da poesia ganhadora no blog Arterizar e no próximo Zine Arterizar.

- Programa "Triálogo dos Bermudas" na Rádio Tarrafa FM-Livre. Ouçam em 104.7 FM na bacia do Itacorubi, ou em [ http://radiotarrafa.libertar.org/ ] em todo universo infinito. Toda quarta-feira, das 16:15h às 18h.




sexta-feira, 6 de maio de 2011

Zine #03

Está pronto o nosso Zine Arterizar #03, produzido dentro da Semana de Ciências Sociais da UFSC, com a participação dos alunos. A distribuição já começou pelas ruas, pegue o seu! Em breve estaremos digitalizando-os também.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Arterizar na Semana de Ciências Sociais, Avisos e Divulgações

[ Coletivo Arterizar ]

-Semana de Ciências Sociais/UFSC:
O Arterizar vai participar da Semana com uma fala sobre coletivos artísticos, sobre a história do nosso Arterizar e a história dos fanzines. Por fim, iremos organizar uma oficina, onde produziremos um zine em conjunto com os participantes da atividade.

*Quando: 05 de Maio (quinta-feira), às 14h.
*Onde: CFH/UFSC. Mini-auditório.

-Mini-Concurso de Poesias:
Mande suas poesias para nosso email [ coletivoarterizar@yahoo.com.br ] até 10 de Maio. A temática é livre. A melhor poesia será publicada aqui no blog e no nosso próximo zine. Além disto, o ganhador leva um exemplar do livro de poesias "Alegre Vômito", de Raul Machado. Por isso, além das poesias, mande também o seu endereço no email. Participe.

------------------------/--------------------------------------

[ Avisos e Divulgações ]

-Conselho Estadual de Cultura:
Foram empossados os 21 novos integrantes do CEC de Santa Catarina. O CEC é composto por vinte e um membros e possui caráter consultivo e
deliberativo. O objetivo da entidade é discutir, deliberar e propor ao secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte as diretrizes da política de desenvolvimento da cultura do Estado.

Entre outras atribuições, compete ao CEC acompanhar a implantação da
política cultural de Santa Catarina, apoiar campanhas que visem à
preservação da memória catarinense e propor medidas que estimulem a
interação e aprimoramento da cultura. O mandato dos conselheiros é de dois
anos, permitida uma única recondução.

Dez integrantes são indicados pelo Governo de Santa Catarina, entre eles o
presidente. São representantes culturais de diversas regiões catarinenses.
Entidades culturais do Estado também auxiliam na formação do CEC, com a
indicação de dez nomes representativos da sociedade civil organizada e de
setores culturais específicos.

Confira a relação dos nomeados:

Membro nato: Joceli de Souza (Presidente da Fundação Catarinense de Cultura)
Indicações feitas pelo Governo do Estado:

Mary Elizabeth Benedet Garcia - presidente (artes)
Neila Maria Balú (artes)
Adriano Dutra (teatro)

Jairo Alvim Barbosa (letras e música)
Andrea Marques Dal Grande (patrimônio histórico)
Luiz Eduardo Caminha (escritor e jornalista)
Luiz Carlos Laus (música)
Alcides Buss (letras e editor) *Rejeitou o convite.
Marco Anselmo Vasques (letras e teatro)
Cristiano Moreira (teatro)
Indicações feitas pelas Entidades Culturais:
Betina Adams (representante dos profissionais de conservação e restauração
do patrimônio histórico)
Jeferson Luiz de Lima (representante dos profissionais da área de cinema)
Elisangela Jaworski (representante dos profissionais da área da dança)
Luciano Cavichiolli (representante dos profissionais da área de teatro)
Francisco do Vale Pereira (representante da área de folclore)
Sebastião Carlos de Andrade Machado (representante da área de música)
Augusto Cesar Zeferino (representante da área de patrimônio histórico e
geográfico)
Júlio de Queiroz (representante dos escritores)
Hilário Fred Voigt (representante dos artistas plásticos)
Adriana Durante (representante dos profissionais educadores de arte)

--------------------------/--------------------------------------

- Mobiliza Cultura: Carta Aberta à presidente Dilma Roussef. Crítica à atual gestão do Ministério da Cultura, com Ana de Hollanda a frente.

*Leia e assine aqui: http://www.mobilizacultura.org/

- Oficinas do CIC: Novas oficinas do CIC com inscrições abertas: Processo Criativo, Fotografia, da Palavra, Percurssão e Hibridismo:Fotografia e Artes Visuais.

*Mais informações aqui: http://www.fcc.sc.gov.br/oficinasdearte/